Relação familiar

A participação da família no processo de ensino - aprendizagem é muito importante e cheio de desafios para a criança. Sabendo que independente da quantidade, é a qualidade dos momentos disponíveis na convivência familiar que realmente importa. Esses devem ser ricos e produtivos, aproveitados ao máximo na afetividade e no enriquecimento do aprendizado.

Sugestões para trabalhar com ditado






  • Ditado oral pelo professor: palavras, frases ou textos.
  •  Ditado mudo
  •   Ditado oral pelas crianças para outras crianças (Exemplo: dividir a turma em grupos; cada grupo dita as palavras escolhidas, para que as outras equipes discutam sobre como escrever as palavras ditadas. Nos grupos, elas comparam escritas diversas, justificam suas escolhas. No final, o professor pode discutir cada palavra).
  •  Ditado oral em que o professor dita uma palavra (gato) e depois dita outra palavra parecida com ela para escrita no quadro (Exemplo: uma dupla vai ao quadro e escreve a palavra. Depois, ele sugere que, trocando uma letra da palavra, a dupla escreva uma outra palavra (rato, por exemplo). A dupla faz a substituição e ele chama uma nova dupla para um novo par de palavras. O importante na situação é que o professor chame a atenção das crianças para as semelhanças e diferenças entre as palavras)
  •  Ditado em que as crianças ditam as palavras para o professor e esse problematiza coletivamente como a palavra vai ser escrita.
  •  Ditado de textos, em que os alunos comparam os modos como cada um escreveu o texto, com foco em ortografia, concordância ou pontuação.
  •  Ditado de lacunas: o aluno recebe um texto com algumas lacunas. O professor vai lendo o texto e os alunos, ao ouvirem o que deve preencher as lacunas, escrevem para reflexão posterior.

Ditado divertido:
  • Escreva palavras em forma de círculo (na quadra ou em fichas na sala de aula) e coloque algumas palavras erradas. O número de palavras escritas deverá ser maior que o número de alunos;  Coloque as crianças dentro do círculo e de a ordem: CADA MACACO NA SUA PALAVRA
  • Cada criança deverá correr para uma palavra;
  • A criança deverá ler a palavra e a professora discute se está certa ou errada; em caso de palavra errada o aluno deverá dizer como é a grafia correta;
  •  Pode-se fazer mais de uma rodada da brincadeira;
  • E para finalizar o ditado: pedir que contem quantas letras tem a palavra... quantas vogais... quantas consoantes... dizer mais duas palavras que comece com a letra inicial de sua palavra...separar as sílabas oralmente... dizer a quantidade de sílabas;
  •  No 3º e 4º anos pode-se palavras como  substantivos, adjetivos, verbos... ou um conteúdo gramatical que o professor queira fixar e no final do ditado discutir, por exemplo, quais palavras são nomes próprios ou comuns; dar uma qualidade ao seu substantivo; ou associar o adjetivo(qualidade) a um substantivo; em caso dos verbos fazer a mímica da ação que o seu verbo representa...
Ditado passa e repassa

Separar a turma em dois grupos;
Colocar sobre uma mesa, no centro da sala, palavras cortadas em sílabas;

O professor diz uma palavra e o aluno do grupo 1 vai na mesa e pega as sílabas que formam a palavra 

(se quiser pode estipular tempo) e mostra para os colegas se acertou o grupo ganha 1 ponto, se errou 
passa a mesma palavra para um aluno do outro grupo formar e assim sucessivamente até todos os 
alunos terem formado pelo menos uma palavra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário